fbpx

Aromaterapia e os Óleos Essenciais na Gravidez

Hoje abordaremos um tema que para muitos é o momento mais belo na vida do ser humano, o nascimento de um bebê e seu processo, a gravidez. O encontro do saudável no natural, está fazendo com que muitas mães façam uso da aromaterapia e óleos essenciais na gravidez. Mas, calma aí! Será se pode?

Muitas mães têm a felicidade de ter uma gravidez saudável e tranquila. Mas todo cuidado é pouco! Se fortalecer e dar todo o suporte a seu filho durante a gestação, pode gerar ótimos reflexos positivos na vida do bebê. Vitaminas fortalecedoras, vários comprimidos de remédios por dia… Será que os métodos tradicionais são a melhor maneira de viver a gravidez?

Venha com a gente e descubra o poder da aromaterapia na gravidez!

A Aromaterapia é segura na gravidez?

Uma maneira importante de começar esse tópico, é bater na pauta de que a aromaterapia é um processo terapêutico totalmente natural e nada invasivo. Em muitos casos é possível fazer o tratamento mesmo em casa.

Os óleos essenciais usados em conjunto com a aromaterapia não provocam nenhum tipo de malefício à mãe ou ao bebê. Na realidade, os óleos essenciais são ótimos para serem usados na gestação.

As mamães de plantão, sabem do que estamos falando! A grande maioria sofre com enjoos, toma remédios químicos excessivos e muitas das vezes nem resultado surte. Que tal tentar um caminho natural e resultante?

Benefícios dos Óleos Essenciais na gravidez

A gravidez é um momento único e bem diferente de tudo que já passamos. A mente parece girar em outra frequência, o corpo mostra sinais dolorosos cotidianamente e tem hora que o conjunto de tudo isso faz pirar. Que tal tornar a gravidez um momento mais prazeroso e próximo de seu bebê?

Muitos podem ser os benefícios conquistados através da aromaterapia. Esse processo indolor e nada invasivo pode trazer outra experiência de parto para você e sua criança. O novo te atrai? Que tal uma gestação mais viva e leve?

Veja abaixo alguns dos benefícios de óleos essenciais quando usado na gravidez:

  • Combate a ansiedade;
  • combate a insônia;
  • combate enjoos;
  • combate náuseas;
  • ajuda em fissuras mamárias;
  • ajuda no momento do parto;
  • antioxidante;
  • antibiótico
  • diurético
  • entre outros;

Existem muitos possíveis benefícios alcançados com os óleos essenciais e a aromaterapia. Porém, é importante ressaltar a importância de procurar um especialista adequado, para orientar os melhores tratamentos para seu caso.

A Aromaterapia ajuda a diminuir o enjoo na gestação?

Temos algumas amigas que passam por toda gravidez e pouco tem enjoos. Entretanto, uma boa parcela de mamães sofrem bastante que aquele embrulho horrível no estômago, azia e é daí para pior. Muitas não conseguem nem comer. O que ingerir, muitas das vezes, até vomita!

Que tal uma ajuda totalmente natural e que de maneira alguma traria mal a você ou seu bebê? Veja abaixo alguns óleos essenciais que têm em suas bases,  substâncias que ajudam a combater o enjoo e até mesmo as náuseas:

  • hortelã- Pimenta (Mentha piperita);
  • bergamota ( Citrus bergamia);
  • gengibre (Zingiber officinalis).
Os óleos essenciais reduzem a ansiedade na gestação?

Outro ponto importantíssimo de levantarmos neste artigo, é o fator comum de muitas mães passarem todo um período de crises de ansiedade, durante a gravidez. Em primeiro momento, é importante ressaltar que este é um processo bem comum.

Porém, tratar ou reduzir essa ansiedade só fará bem ao corpo da gestante e também do próprio bebê.

Então, aqui vai mais uma grande dica de  óleos essenciais que que reduzem a ansiedade na gravidez:

  • Lavanda (Lavandula angustifolia);
  • bergamota (Citrus bergamia);
  • Camomila ( Anthemis nobilis).

 

A Aromaterapia ajuda para dores na gestação:

Se tem uma coisa que é bem difícil de contornar durante a gestação é a quantidade de dores e locais que elas aparecem. Dor na barriga, nos braços, nas pernas, entre tantos outros.

A fadiga e incômodo beira ao absurdo em alguns momentos de gestação. Mas é sim possível aliviar todas essas dores.

Precisamos falar sobre dois óleos essenciais que ajudam muito nas dores vividas através da gestação:

Usados da maneira certa e com um acompanhante especializado, você conseguirá fazer desses óleos um momento de alívio e analgésico. Isso mesmo! Produtos naturais de ótimos resultados.

Quais óleos essenciais perigosos na gestação?

E aqui vai um último recado, de maneira séria, responsável, mas bem amigável. É de total importância fazer o tratamento da aromaterapia e uso de óleos acompanhado de um aromaterapeuta.

Alguns óleos essenciais podem não ser tão indicados durante a gravidez, principalmente quando usado de maneira errada ou exacerbada.

Veja abaixo uma lista de óleos essenciais não  indicado por um aromaterapeuta durante a gravidez:

  • Alecrim Qt Cânfora (Rosmarinus officinalis)
  • Anis Estrelado (Illicium verum)
  • Erva Doce (Pimpinella anisium)
  • Funcho Doce ( Foeniculum vulgare)
  • Junípero Sabina (Juniperus Sabina)
  • Canela do Ceilão (Cinnamomum zeylanicum)

Por isso batemos tanto na tecla da necessidade de um acompanhamento especializado, no caso, de um aromaterapeuta. Apenas um profissional especializado consegue entregar exatamente o melhor tratamento para suas especificidades.

Portanto, os óleos essenciais e a aromaterapia se mostram como uma grande solução para gestantes. Imagina pode combater o enjoo, reduzir as náuseas, controlar a ansiedade, ter uma boa noite de sono e ainda fazer uso de analgésicos naturais? Estamos falando de óleos essenciais usado em diversos países de primeiro mundo.

Que tal falar agora mesmo com uma aromaterapeuta especializada pronta a te atender? Fale conosco!

 

Você também pode gostar desses artigos:

Espero que tenham gostado, gratidão!!!